A força das Redes sociais

Alcides Troller Pinto, vice-presidente de marketing e vendas da GVT - Imagem de Divulgação

Santa Cruz do Sul, 22 de novembro de 2010

Estava eu lendo algumas notícias quando deparei com essa: http://twitthis.com/abo977. Como cliente da GVT, e se diga, cliente muito satisfeito me interessei pela notícia. Quando chego a 3ª página da reportagem , leio a seguinte afirmação do Sr. Alcides Troller Pinto, vice-presidente de marketing e vendas da GVT “O carro-chefe da empresa é o serviço de internet, cuja velocidade mínima recentemente foi ampliada para 5 Mbps”.

Pensei:, “tem algo errado, como a velocidade mínima deles é 5Mbps e eu como cliente deles a mais de 2 anos tenho apenas 1Mbp”.  Não hesitei 2 vezes, e escrevi o seguinte post  no twitter http://api.twitter.com/#!/peixotmarc/status/6714776797323265. Era a minha chance de testar a força de uma rede social nas relações das empresas com seus clientes.

A resposta demorou aproximadamente 1 dia, mas veio: http://api.twitter.com/#!/25gvt/status/7050220122673152.

Passado os dados solicitados pela GVT, ligaram em algumas horas para meu telefone fixo e falaram com a minha esposa. Explicaram que realmente não sabiam como aquilo estava acontecendo. Que eu poderia ter 3Mbps naquele momento via solicitação minha e até o final do ano de 2010 (menos de 2 meses) teria 5Mbps.

Não satisteito, mandei nova mensagem para a GVT via twitter e solicitei que ligassem para mim. Em aproximadamente 1 hora ligaram para o meu celular e disseram que não poderia trocar de velocidade sem um custo de no mínimo R$ 30,00 e não é garantido a troca para 5Mbps, mesmo esperando até a data dita por eles. Como último argumento, solicitei que fosse retratada a informação com um errata, que também foi negado.

Conclusões:

1)      As empresas estão antenadas nas redes sociais

2)      Ainda há lapsos de comunicação entre os grandes cargos e o operacional das empresas. Querem evitar isso? Aconselho a ler o livro Go Team! Promova o progresso contínuo de sua equipe de Ken Blanchard; Alan Randolph e Peter Grazier. Custa menos de R$ 20,00 na livraria Cultura. (http://migre.me/2qQnd).

3)      As redes sociais tem força, utilize-as da maneira certa e terás resultado. Não obtive o o resultado que queria, mas fui ouvido e pude demostrar isso para muita gente.

4)      As empresas ainda se preocupam mais em angariar novos clientes do que manter os antigos. Sorte da GVT que presta um ótimo serviço, caso contrário teriam perdido esse cliente naquele momento.

E por último, quer evitar isso, ajude a divulgar esses casos e os seus casos também.

Eu fiz a minha parte.

Sobre peixotmarc

Conheceu seu primeiro computador com 10 anos, era um TK2000, ligado numa TV Philco-Ford preta e branco. Comprava revistas e digitava os códigos fonte e gravava os jogos numa fita K-7 . Aos 12 anos começou a programar em DBase III, informatizou os boletins do colégio onde estudava com a ajuda do seu irmão de 15 anos. Aos 18, resolveu formalizar toda a bagagem de conhecimento que tinha em informática indo para a Universidade. Trabalhou como suporte técnico em fumageira e desenvolvedor em software house. Descobriu que as multinacionais eram os bancos públicos da década de 80 e 90 e hoje trabalha em uma das 10 melhores empresas para se trabalhar no Brasil. Estuda e pelo menos tenta aplicar métodos ágeis para ter mais tempo para o que acha mais importante na vida: sua família linda.
Esta entrada foi publicada em Idéia, Opinião com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

2 respostas a A força das Redes sociais

  1. GVT diz:

    Olá Marcel, tudo bem?

    Acompanhamos seus comentários e gostaríamos de esclarecer a situação. Realmente haverá a migração de nossos clientes POWER para a velocidade mínima de 5Mbps. Esse anúncio foi feito pelo presidente da empresa, Amos Genish, na Feira Futurecom em outubro. No texto divulgado pela GVT detalhamos as cidades que poderão solicitar a alteração e a partir do seu comentário incluímos também uma mensagem no rodapé da matéria informando as cidades não atendidas. Confira o link: http://www.gvt.com.br/portal/saladeimprensa/interna.jsp?news=2010&languageAcronym=ptBR

    Na ligação que recebeu, nossa atendente explicou o por que não é possível realizar a mudança no seu caso e também para os outros clientes de Santa Cruz do Sul. Para oferecer o serviço de banda larga precisamos basicamente de duas estruturas. A rede metropolitana, construída inteiramente pela GVT em cada cidade onde a empresa opera, e a rede de longa distância que chamamos de “backbone” – que é a espinha dorsal de nossa rede. Em algumas cidades esse backbone ainda não suporta ultravelocidades, às vezes utilizamos a rede de outras operadoras – prática bastante comum em telefonia fixa e banda larga, e por isso não conseguimos disponibilizar todo nosso portfólio de velocidades. A GVT busca praticar os mesmos preços e pacotes em toda sua área de atuação, mas realmente não é possível em determinadas cidades, devido à essa questão técnica. De qualquer forma, temos a constante preocupação com a ampliação nosso backbone para melhor atender todos nossos clientes.

    Esperamos ter esclarecido e continuamos à disposição.

  2. Cris diz:

    Na ligação que recebeu, nossa atendente explicou o por que não é possível realizar a mudança no seu caso e também para os outros clientes de Santa Cruz do Sul. Para oferecer o serviço de banda larga precisamos basicamente de duas estruturas. A rede metropolitana, construída inteiramente pela GVT em cada cidade onde a empresa opera, e a rede de longa distância que chamamos de “backbone” – que é a espinha dorsal de nossa rede. Em algumas cidades esse backbone ainda não suporta ultravelocidades, às vezes utilizamos a rede de outras operadoras – prática bastante comum em telefonia fixa e banda larga, e por isso não conseguimos disponibilizar todo nosso portfólio de velocidades. A GVT busca praticar os mesmos preços e pacotes em toda sua área de atuação, mas realmente não é possível em determinadas cidades, devido à essa questão técnica. De qualquer forma, temos a constante preocupação com a ampliação nosso backbone para melhor atender todos nossos clientes.
    +1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s